Blog Rádio UOL

Jake Bugg é o novo Bob Dylan?
Comentários 1

Rádio UOL

Crédito: Avener Prado/Folhapress

Crédito: Avener Prado/Folhapress

De 2011 para cá vem surgindo um astro do folk que surpreende pela jovialidade e também pela voz. Muitos o comparam a Bob Dylan, outros dizem que ele é um Dylan misturado com Justin Bieber. Entenda o fenômeno Jake Bugg!

OUÇA JAKE BUGG NA RÁDIO UOL

Ainda com 17 anos, ele foi escolhido pela BBC para uma apresentação preliminar no festival Glastonbury de 2011. Com o destaque conquistado com esse show, ele assinou contrato com uma gravadora e sua faixa “Country Song'' estava tocando em comerciais e nas rádios nacionalmente.

O álbum de estreia, no entanto, veio apenas em 2012. O trabalho homônimo do cantor alcançou o topo das paradas britânicas e entrou nas listas de mais ouvidos de 15 países, incluindo Estados Unidos, Alemanha, França e Austrália. O garoto prodígio estava nas rádios do mundo inteiro e já começava a chamar atenção por uma certa similaridade com o mestre do folk.

É possível, sim, traçar um paralelo com a carreira de Bob Dylan, que começou muito cedo. Com apenas 20 anos ele lançou o primeiro disco, também homônimo, mas não obteve o mesmo sucesso de Jake Bugg em sua primeira empreitada – quase perdeu o contrato com a gravadora após o fiasco. Felizmente, o segundo álbum deu mais certo e pouco depois ele se tornaria uma lenda.

Não há como comparar os dois, é claro. Ainda é muito cedo para ditar vereditos e criar conclusões. Mas o jovem inglês está seguindo os passos de Dylan – mesmo já tendo negado ser tão influenciado assim por ele – e finca cada vez mais seu espaço no mercado fonográfico, especialmente após lançar o segundo álbum de inéditas, “Shangri La'', que demonstrou amadurecimento rápido e provou que o folk ainda tem muito fôlego com Jake Bugg.

O candidato a sucessor espiritual de Bob Dylan se apresenta no Brasil nesta semana e seu show em São Paulo acontece nesse dia 27.
O que você acha sobre essa discussão, caro leitor? Jake Bugg é realmente o sucessor de Bob Dylan?


Luiz Millan convida ouvintes da Rádio UOL para seu show de lançamento
Comentários Comente

Rádio UOL

Luiz Millan está convidando todos os ouvintes da Rádio UOL para curtir o show de lançamento do seu disco “O Dia em que São Paulo Floresceu''.

Grandes músicos paulistanos como Léa Freire (flauta), Mané Silveira (sax e flauta), Michel Freidson (piano) e Sylvinho Mazzucca (baixo) também vão se apresentar.

Serviço: Luiz Millan e Banda
Quando: 30 de novembro, 20h
Onde: Rua João Cachoeira, 1.366 - Vila Nova Conceição
Quanto: R$50


Entenda o panorama dos próximos festivais no Brasil
Comentários 1

Rádio UOL

Eles serão atrações do Lolla 2015!

Eles serão atrações do Lolla 2015!

Há muito tempo o Brasil se consolidou no circuito dos shows internacionais e praticamente todas as turnês mundiais de grandes artistas passam por terras tupiniquins. É claro que, com isso, os grandes festivais também voltariam os olhos para o país.

Além do nosso bom e velho Rock in Rio, que acontece em setembro do ano que vem, e já foi exportado para diversos outros lugares do mundo, o Brasil recebe em breve também o Popload, o Lollapalooza, o Tomorrowland, o Ultra Music Festival, entre muitos outros grandes eventos.

Nessa semana acontece o Popload, que traz em seu line up nomes da música alternativa como Tame Impala, uma das bandas mais proeminentes do cenário psicodélico atual, e The Lumineers, revelação do folk rock que dominou as rádios no ano passado com o hit “Ho Hey''. Icona PopPond, Cat Power, Olugbenga,  2ManyDJs e Metronomy são outros artistas que figuram no festival.

Em 2015, outros grandes festivais já estão confirmados. A nova edição do Lollapalooza tem como principais atrações o excêntrico Jack White e sua mistura de indie e blues, os vocais agudos e grudentos de Pharrell Williams, o som eletrônico e dançante de Calvin Harris, a viagem melódica do Smashing Pumpkins, o eletrônico agressivo de Skrillex e o ex-vocal do Led Zeppelin Robert Plant.

Aparentemente, o Lolla já teve edições com nomes mais fortes, como Arctic Monkeys, Pearl Jam, Lorde, Lana Del Rey e Arcade Fire, mas esse ano tenta atingir um público pop mais abrangente, abrindo mão das grandes bandas do rock contemporâneo.

O grande festival nacional Rock In Rio ainda não tem a line up completa definida, mas já vendeu 100 mil ingressos em poucas horas e promete repetir o sucesso das edições anteriores, apesar de algumas críticas quanto à falta de rock propriamente dito no evento. Nomes como Beyoncé, Ivete Sangalo, Justin Timberlake, entre outros, participaram nos últimos anos, então a expectativa para a lista de atrações é grande. Alguns dos confirmados são Katy Perry, John Legend e System of a Down.

No ano que vem, teremos a primeira edição brasileira do festival belga Tomorrowland, um dos maiores eventos de música eletrônica do mundo. Ele vai ocorrer numa fazenda no interior de São Paulo e deve atrair os fãs do gênero em massa.

Os principais shows internacionais desse ano foram de aparições ilustres como Paul McCartney, Elton John, Public Enemy e Guns N' Roses a figurinhas já manjadas como Metallica, Offspring e Megadeth. O público teen não teve do que reclamar com as vindas de Miley Cyrus, One Direction e Demi Lovato.

Para o ano que vem, o cenário continua bastante positivo, com as vindas do outro ex-beatle Ringo Starr, Foo Fighters, The Who, Rolling Stones e Slash.

Você acha que 2015 será melhor que 2014?


Conheça as aventuras dos Beatles nas telas através das suas trilhas sonoras
Comentários 1

Rádio UOL

Capa da edição brasileira do álbum "A Hard Day's Night". Crédito: Djeferson Barbosa

Capa da edição brasileira do álbum “A Hard Day's Night''. Crédito: Djeferson Barbosa

Aproveitando mais uma passagem do ex-Beatles Paul McCartney por terras brasileiras, o programa Imagem Sonora traz um pequeno apanhado de sucessos do grupo britânico, que também tiveram a honra de serem trilhas sonoras de produções que os envolveram.

“A Hard Days Night”, “Help!”, “Magical Mystery Tour”, “Yellow Submarine” e “Let It Be”, além de grandes álbuns e músicas de sucesso estrondoso, também são títulos de cinco grandes produções realizadas enquanto o grupo estava em atividade.

Na forma de dois longas metragens (“Help!” e “A Hard Days Night”, no Brasil chamado de “Os Reis do Ié Ié Ié!”), um telefilme (“Magical Mystery Tour”), um longa em animação (“Yellow Submarine”) e um documentário (“Let It Be”), você conhece algumas peculiaridades e ouve os consagrados temas nesta edição do programa.

A edição também dedica um bloco para falar da rara animação feita nos Estados Unidos sobre o grupo. Produzida pelo King Features Syndicate e dirigida por Al Brodax, o desenho animado teve 39 episódios, divididos em 3 temporadas produzidadas de 1965 a 1967.

Clique aqui para ouvir mais esta edição do Imagem Sonora, e veja abaixo os trailers de cadas um dos filmes dos Beatles e a abertura da série animada norte-americana.

Bom divertimento!


Paul McCartney se apresenta em São Paulo! Ouça e se prepare para o show
Comentários 1

Rádio UOL

Crédito: Fernando Maia/UOL

Crédito: Fernando Maia/UOL

A espera acabou! Os tão aguardados shows de Paul McCartney finalmente chegaram. Se você garantiu ou não seu ingresso, prepare-se para o espetáculo com a Rádio UOL!

A playlist “Paul McCartney'' faz uma verdadeira jornada por toda a carreira do cantor, compositor e instrumentista, trazendo músicas dos Beatles, grandes momentos de sua carreira solo, passando pelos sucessos com os Wings e parcerias com Stevie Wonder, Youth e Linda McCartney.

Os outros garotos de Liverpool fazem companhia a Paul na playlist “Ex-Beatles'', que conta com os maiores hits das carreiras solo do quarteto que mudou a música para sempre.

Por falar em mudança, a playlist “Revoluções do Rock'' só tem músicas que transformaram o estilo, desde o rockabilly até o grunge, passando pelo metal e punk. É claro que Paul McCartney não podia ficar de fora!

O disco mais novo do lendário baixista do Fab Four também é um dos destaques que você precisa ouvir! Clique aqui para escutar “New'' na Rádio UOL!

Para entender as fontes de inspiração do talento de Paul McCartney, confira a playlist “Raízes dos Beatles'', que conta com canções regravadas pelos Beatles e que influenciaram a banda.

O querido Paul também figura em várias playlists como “Para Ouvir na Fossa“, “Para Pedalar“, “Para Ouvir na Estrada“, entre muitas outras.

O programa Top 5 FM fez sua homenagem ao ídolo britânico com duas edições especiais listando as diversas facetas de McCartney: Clique aqui e aqui para ouvir!

Já o Combate Rock fez uma edição especial dedicada ao álbum “The Art of Paul'', uma homenagem ao ex-Beatle com faixas do quarteto regravadas por Alice Cooper, Kiss, B.B. King, Roger Daltrey e Def Leppard, entre outros.

O programa Imagem Sonora relembrou os filmes dos Beatles e tirou do baú uma série animada que foi ao ar nos anos 60. Não conhece? Clique aqui e confira!

Ouça também os programas de Tony Hits, Momento Maia e Ondas Latinas que homenageiam Paul McCartney!

Prepare o gogó para acompanhar as apresentações do astro que vão acontecer nessa semana!


“Cenário é aberto às mulheres que levam arte a sério” diz Aline Duran
Comentários Comente

Rádio UOL

Divulgação

Divulgação

Aline Duran retorna ao cenário músical mais madura e pluralizada.  Com seu novo disco, “Sente O Som“, a cantora abre o seu guarda-chuva de influências e absorve outros estilos em suas composições. “No meu primeiro disco,  as influências aparecem nas faixas ‘Pra quem Jah olha’ e ‘Bem vindo a Selva’ onde faço um vocal mais falado, denominado raggamuffin’, que é a fusão do reggae com o hip-hop'' contou em entrevista ao UOL. “Após lançar meu primeiro disco em 2008, comecei a consumir muito jazz e neo soul, e acabei permitindo que estes estilos se incorporassem às novas composições''.

Os 6 anos de intervalo entre um disco e outro não foram sinônimo de inatividade. A cantora paulistana participou de diversos projetos musicais e rejeitou a primeira tentativa de seu novo álbum. “Iniciei a produção do que seria o meu segundo álbum em 2011, porém, não gostei do resultado que obtive e resolvi dar um tempo para retomar do zero'', revela. “Em “Novo Dia”, a minha música pertencia ao reggae. Em “Sente o Som”, o reggae pertence a minha música e o álbum ganhou uma sonoridade mais abrangente devido às outras influências que atuaram nesta criação''.

OUÇA NA RÁDIO O NOVO DISCO “SENTE O SOM'' DE ALINE DURAN

Em nove faixas, o disco conta com a participação de uma lenda do reggae: Bunny Rugs. A música, produzida por Ziggy Coltrane, foi uma das últimas participações em vida do ícone do estilo.  “Fiquei muito honrada com o convite de fazer o dueto com Bunny e gravei as vozes aqui mesmo em São Paulo. A ideia era fazermos um clipe para a música, mas infelizmente recebemos a notícia da morte de Bunny'', lamenta. “Fiquei muito triste, pois além de ser um grande artista que eu admirava, ele também era uma ótima pessoa, e não pude desfrutar desta valiosa amizade''.

Sobre sua participação em um cenário dominado, em sua grande maioria, por artistas homens, Aline Duran não se demonstra intimidada. “Acredito que o cenário musical em geral é aberto às mulheres que levam sua arte a sério'', analisa. “No reggae sempre existiram ótimas referências femininas como Marcia Griffiths, Dawn Penn e Susan Cadogan que atuaram com sucesso na mesma época de nomes como Bob Marley“, conclui.

OUÇA TAMBÉM “NOVO DIA'' DE ALINE DURAN NA RÁDIO UOL

 

 

 


Relembre as mais marcantes músicas já feitas para causas humanitárias
Comentários 3

Rádio UOL

 

Paul Simon, Kim Carnes, Michael Jackson e Diana Ross em cena do clipe da música "We Are the World". Crédito: Reprodução

Paul Simon, Kim Carnes, Michael Jackson e Diana Ross em cena do clipe da música “We Are the World''. Crédito: Reprodução

Após o reggae que fala sobre a crise do ebola que o programa Reggae Raiz mostrou, a Rádio UOL relembra outras ocasiões em que a música se uniu a causas humanitárias.

Uma das canções mais famosas com esse cunho é “We Are The World”, composta em 1985 por Michael Jackson e Lionel Ritchie, e que foi apresentada ao mundo pelas vozes de mais de 40 grandes ídolos da música pop, como Tina Turner, Bob Dylan e Cyndi Lauper.

No mesmo ano, vários ícones da MPB como Gilberto Gil, Tim Maia, Rita Lee e Chico Buarque, o movimento Nordeste Já, contra a seca que assolava a região, que foi praticamente uma versão nacional de USA For Africa.

Ainda em 1985, outro grupo enorme de grandes estrelas se reuniu para gravar “Do They Know It’s Christmas?”, uma canção para angariar fundos contra a fome na Etiópia, da qual participaram nomes como o sempre presente Bono Vox, o ex-vocalista do Led Zeppelin Robert Plant e Chris Martin.

Desde então, vários artistas se uniram em prol da humanidade. “Sunday Bloody Sunday” foi apenas uma das incursões nos problemas sociais que o U2 fez ao longo da carreira. A banda de Bono Vox e The Edge também se apresentou com o Green Day com a faixa “The Saints Are Coming”, em uma ação em apoio às vítimas do furacão Katrina, em 2006.

Escrita por John Lennon e Yoko Ono e lançada em 1971, “Happy Xmas (War is Over)” foi o resultado de anos trabalhando pela paz. Esse também foi o slogan das campanhas do casal em protesto ao envolvimento dos Estados Unidos no Vietnã, que se espalhou por diversas cidades do mundo inteiro em forma de cartazes.

Também na onda das causas humanitárias, o My Chemical Romance e o The Used gravaram em 2005 juntos a faixa “Under Pressure”, do Queen, em prol das vítimas do tsunami  que atingiu o sul da Ásia em 2004.

Agora, a música “Africa Stop Ebola” conta com a composição de nomes como  Tiken Jah Fakoly e Kandia Kora, artistas da Guiné, além do rapper Didier Awadi, e outros músicos de todo o continente.

É muito importante que os músicos continuem engajados para transmitir uma mensagem de positividade e de esperança. Se não há como resolver todos os problemas, pelo menos essa é a forma de levar um pouco de alegria para o mundo.


Você faz mais o estilo Velhas Virgens ou A Banda Mais Bonita da Cidade?
Comentários 1

Rádio UOL

Você está de que lado?

Você está de que lado?

Uma série de discos ao vivo está sendo lançada, e nesse mesmo pacote estão os novos lançamentos de Velhas Virgens e A Banda Mais Bonita da Cidade, que você ouve na Rádio UOL.

Apesar de ambas estarem sob o guarda-chuva do pop rock, elas são extremos opostos musical e esteticamente. Quem é você na fila do pão do rock nacional? Velhas Virgens ou A Banda Mais Bonita da Cidade?

Para efeito de comparação, sabemos que a sonoridade do Velhas Virgens é mais pesada, com guitarras mais destacadas e uma atitude mais rock ‘n’ roll. Já A Banda Mais Bonita da Cidade tem uma pegada leve, com um visual limpo e até ingênuo.

Enquanto uma tem letras irônicas e engraçadas, a outra tem letras positivas e bonitinhas. No entanto, uma já tem bastante tempo de estrada, tendo um público mais antigo, enquanto a outra despontou há poucos anos, agradando mais aos jovens.

Velhas Virgens, com seu estilo motoqueiro nojento, ganhou espaço no circuito do rock independente e lançando álbuns irreverentes como “Ninguém Beija Como as Lésbicas“. Já A Banda Mais Bonita da Cidade, com aparência mais pura e fofinha, teve proeminência de maneira independente, graças à ampla divulgação na internet do clipe “Oração“, em 2011. Relembre:

E você, leitor? Tem mais o jeitão agressivo do Velhas Virgens ou fofo d'A Banda Mais Bonita da Cidade? Faça o teste e descubra:

1- O que estaria escrito na traseira do seu caminhão?
a) “Se um dia chover mulher, quero uma goteira na minha cama''
b) “Quem ama as rosas suporta os espinhos''

2- O que você bebe no café da manhã?
a) Rabo de galo
b) Leite com achocolatado

3- Na padaria você pede:
a) Pão de banha com presuntada
b) Pão preto com mel orgânico (sem glúten)

4- Qual é o seu meio de transporte favorito?
a) Qualquer coisa grande movida a diesel
b) Patinete

5- Você vai à rua Augusta para:
a) Ser expulso de estabelecimentos de má reputação
b) Frequentar a mostra de cinema neorrealista albanês

6- Qual é seu esporte favorito?
a) luta de mulheres no gel
b) peteca

 Se você respondeu mais “A'', clique aqui para ouvir Velhas Virgens!

Se você respondeu mais “B'', clique aqui para ouvir A Banda Mais Bonita da Cidade!


Eleita a “pior banda do mundo”, Polentinha do Arrocha lança novo álbum
Comentários 4

Rádio UOL

polentinha do arrocha

Há alguns meses, fizemos uma enquete (relembre aqui) entre nossos ouvintes sobre qual era a pior banda ou artista de todos os tempos, e o nome mais votado por escolha livre foi a ilustre Polentinha do Arrocha, um grupo baiano. Agora eles atacam novamente com o disco novo, intitulado “Em Ritmo de Resenha”.

Entre as faixas estão hits de nomes divertidos e bem humorados como “Biba Diva”, “Kika Com a Bunda” e “Inhe Inhe Inhe Chororô”. O maior sucesso da banda, no entanto, não está presente no novo trabalho de estúdio. O clipe de “Poderosa” já conta com mais de 2 milhões de visualizações na internet.

Os discos completos do grupo também estão disponíveis para ser ouvidos e já somam quase um milhão de audições únicas, marca que é rara até mesmo para artistas consolidados no mercado fonográfico.

Agora você pode ouvir “Em Ritmo de Resenha” na Rádio UOL e tirar sua própria conclusão! Os nossos ouvintes foram maldosos ou você concorda com o título de pior banda de todos os tempos para a Polentinha do Arrocha?


O que você achou do setlist do Lollapalooza?
Comentários 1

Rádio UOL

lollapalooza-brasil-2015-lineup

Muitos dos artistas cogitados confirmaram a participação no Lollapalooza 2015, mas alguns que eram esperados acabaram não sendo oficializados.

Contando com um line up eclético, do misto de indie e blues de Jack White ao eletrônico de Calvin Harris, passando pelo pop dançante de Pharrell Williams e o country rock de Robert Plant, o evento terá atrações para todos os gostos.

Mas e você, leitor? Desses nomes, quem você está ansioso para ver no Lolla?